Venda sua alma pro Diabo em apenas 7 passos



Você se fode no trabalho, se fode com a divida no cartão, se fode com o mecânico do seu  e, em , a patroa está de chico; e mais uma vez você se fode, sozinho no . Se você, assim como a torcida do Fluminense, está vivendo no patíbulo dos desgraçados, então, o que está esperando pra vender sua alma pro Diabo? 

Selar um pacto com Satanás não é mais aquela coisa satânica de uns séculos atrás. Desde os primeiros desenhos da  que fazer um pacto com Lucifér se tornou tão simples que até um criança pode fazer. Ninguém mais precisa ir aos cafundós do subúrbio para ter uma consulta com um pai de santo sinistrão. Na era da internet, só não faz um pacto quem não quer. 

No competitivo mundo em que vivemos, um pacto com o Belzebu é a carta na manga que você precisa para chegar ao topo. Todo mundo que está se dando bem fez. 


Se você tem certeza que é isso que você vai fazer, clique no botão abaixo e continue lendo. 

1. O contrato: A parte mais fácil é arrumar um formulário de contrato. Uma simples busca pela  e o problema estará resolvido. Se quiser, você pode até mesmo fazer o seu próprio. Apenas lembre-se de incluir um campo onde será descriminado o tipo de favor das trevas desejado. 

2. As vantagens: Há vários tipos de pactos, mas só tratarei do pacto padrão. Este dá poderes para inserir  subliminares em seus currículos, garantindo a vaga em qualquer emprego. Jogar praga em crente. Liderança de uma igreja evangélica, ou uma  na CNBB, ou numa casa legislativa qualquer do país. Além de melhorar a auto-estima, o desempenho sexual e retardar o envelhecimento. 
Esse pacote básico de bençãos infernais é mais do que o suficiente para a maioria. Contratos mais extravagantes, como ganhar na mega sena, exigem pagamentos muito complicados, com virgens na maioria das vezes. 


3. As formas de pagamento para selar o pacto: Para o pacto standard, a forma mais comum é oferecer a vida do primeiro filho. Bem prático e conveniente. Mamão com açúcar. 

O primeiro filho é aquele filho que se pudéssemos não teríamos mesmo. Pagar com a vida do primeiro filho nada mais é do que garantir o aborto que sua garota pode não querer fazer. Um final feliz pra trepada apressada enquanto mamãe não estava em casa. E, a propósito, era por isso que seu irmão mais novo ganhava os melhores presentes quando vocês eram crianças. 

4. A sua assinatura: Essa parte também é bastante simples. Basta assinar seu nome com sangue. Isso mesmo, não seja viadinho. 

5. A assinatura do Patrão: Esse é o único ponto que dará um pouco de trabalho. Não jogue seu  fora acendendo velas pretas, nem fazendo invocações. Isso podia funcionar na idade média, hoje, porém, Satanás está mais ocupado atazanando e possuindo donas de casa. Isso mesmo. Guerras, catástrofes naturais, enxofre dos céus, fome e outras desgraças são obra de Deus para punir os pecados. Hoje em dia, Satan está mais concentrado no mercado doméstico. Por isso, a melhor maneira de falar diretamente com o Senhor das Trevas é se dirigir a uma igreja pentecostal. 

Antes do pastor completar o exorcismo, mostre seu contrato para a tiazona encapetada e feche o acordo. Se certifique que o(a) endemoniado(a) comeu todo o papel do contrato (se for preciso, dê uma mãozinha goela a baixo). E pronto, está selado.


6. Como saber se o pacto foi aceito? Pode demorar um pouco até os primeiros efeitos dos novos poderes mágicos aparecerem. Se estiver muito ansioso pra saber se você já um filho(a) de satã, basta prestar atenção nas coisas que você fala. Escute com cuidado suas conversas durante o dia. Se você as coisas que você fala, quando ouvidas ao contrário forem mensagens do mal sua vida estará prestes a ter a guinada desejada. 

7. E se não for aceito? Aí você está fudido, como sempre. Provavelmente, na merda, sem dinheiro. E sua namorada vai entrar pra uma igreja. E vai ter aquele filho. E ele será ateu. E viado também. E vai queimar no inferno.

Postado por: Bia Saraiva
comentários
Compartilhe: